CONQUISTANDO NOVOS HÁBITOS




CONQUISTANDO NOVOS HÁBITOS  Dt. 6. 5- 6

Texto bíblico: 

Amarás, pois, o SENHOR teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças. E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração;” Dt. 6: 6-5

INTRODUÇÃO
       Todo cristão que um dia viveu a experiência de um novo nascimento 2 Co, 5:17 deve viver uma vida como nova criatura. Tendo sido transformado por Deus, agora a mudança de hábitos faz parte do crescimento cristão. Não podemos viver a nova vida com os mesmos hábitos do passado afinal cristianismo é o inicio de uma vida de renuncias. Trazemos na nossa formação que adquirimos com o tempo de vida. Esses hábitos tem origem na família, no meio em que vivemos nas nossas amizades, na experiência de vida de cada um. A verdade é que ao longo dos anos, vamos formando os nossos hábitos, sejam eles bons ou ruins de acordo com a trajetória de vida de cada um. Com o passar do tempo, percebemos que temos hábitos bons e hábitos ruins é sobre esse assunto, que essa lição trata. Como melhorar nossos hábitos na casa de Deus? O que devemos fazer para melhorar nossa postura no reino de Deus? Essas e outras perguntas trataremos no decorrer desse estudo.
Definição: Hábitos  -  Disposição frequente adquirida pela repetição, costume.
1 - Comportamento Cristão
      O comportamento do povo de Deus tem haver com as ações realizadas pelas pessoas em determinadas situações, bem como os motivos que determina  tais ações. Todas as possíveis alterações que o meio e as relações sociais, ao longo da vida, proporcionam a cada indivíduo são chamadas de comportamento. Esse comportamento determina nossos hábitos bons e ruins. O comportamento pode ser descrito basicamente como o que o indivíduo faz com relação ao meio em que vive e com relação aos demais indivíduos.
      Nosso comportamento é a expressão da ação, manifestada pelo resultado da interação de diversos fatores internos e externos que vivemos, tais como experiências vividas, nossas expectativas, nossos traços de personalidade, nossa relação social nossas experiências e, sobretudo com nosso conhecimento da palavra de Deus. (Jo. 8: 32) esses hábitos determina nossas ações com o mundo e a igreja de
Cristo. (Rm. 10: 32)
      Dependendo dos hábitos de cada pessoa, pode ocasionar no meio em que ele vive, Tanto igreja  como no meio social, brigas com pais e familiares, brigas com amigos, brigas de trânsito, e tudo isso pode afetar a sua vida diretamente. Por isso, precisamos trabalhar nossos hábitos para que isso não se torne uma pedra de tropeço nas nossas vidas.
2 - Hábitos no antigo Testamento
      Os judeus fizeram do texto acima um hábito literal e produziram filactérios (pequenas caixas) para atarem nos braços, na testa e nos umbrais  das portas. (Mt. 23: 5)
       O filactério é a tradução de um termo grego fylaktérion, que significa: “posto avançado”, “fortificação” ou “proteção”, o que explica o uso deste objeto nos tempos bíblicos como um objeto de proteção.
Era basicamente duas pequenas caixinhas feitas de couro presa por uma couro puro de um animal  dentro das quais continham um pergaminho com  quatro trechos da Torá.  Esses textos que os judeus faziam questão de usar falava da recordação dos mandamentos e da obediência a Deus.” Os textos eram esses: Êxodo 13:1-10 , Êxodo 13:11-16 , Deuteronômio 6:4-9  e Deuteronômio 11:13-21.
O uso dos filactérios se tornou um hábito tão formal nos dias de Cristo que ele mesmo tratou de ensinar sobre esse objeto e esse hábito.
Existem bons hábitos e maus hábitos. Que tipo de hábitos devemos ter?

2.1 Exemplos de maus hábitos que não podemos ter: (Lv 18.30)

 1) Chegar atrasado aos cultos
2)  Conversar na hora do culto
3)  Sorrir quando alguém tiver realizando uma tarefa para Deus
4)  Não dar atenção ao que estar sendo ensinado ou testemunhado no culto, Etc...
5) Atender celular no mento do culto da igreja
6) Olhar as redes sociais no mento da adoração
7) Sair para beber água na hora da pregação
8) Ir ao banheiro na hora do culto (salvo as raríssimas necessidades)

2.2 QUAIS SÃO OS BONS HÁBITOS QUE DEVEMOS CULTIVAR?

 Além do antônimo de tudo que estar acima. Vejamos outros:
 1)  Ensinar aos filhos a palavra de Deus (Dt 6.7) em casa, no caminho, a noite etc..
2)  Orar constantemente (Dn 6.10; 1º Tss 5.17)
3)  Meditar diariamente na palavra de Deus (Sl 1 Js 1.8)
4)  Subir a casa de Deus com alegria (Sl 122.1) 
5)  Chegar antes do culto começar
6)  Ficar em silencio durante todo culto isso é sinal de reverência.
7)  Orar quando alguém tiver realizando uma tarefa para Deus.
8) Dar atenção ao que estar sendo ensinado ou testemunhado no culto, para aprender com as experiências do próximo.
9) Não Atender celular no mento do culto da igreja. Nada e ninguém é mais importante que o nosso Deus.
10) Não olhar as redes sociais no meio da adoração. Se não consegue se controlar deixe o celular em casa.
11) Não sair para beber água na hora da pregação. Isso é uma prática perceptível em todas as igrejas evangélicas.
Não ir ao banheiro na hora do culto (salvo as raríssimas necessidades) Parece que na hora da pregação todos os irmãos querem ir ao sanitário.
     Penso que cada irmão que estudar essa lição acrescentará outros hábitos a estes.

 3 COMO PODEMOS CONQUISTAR NOVOS HÁBITOS?

 3.1 Organizando o nosso tempo  - é uma boa maneira de começar.
      Um dos problemas enfrentados em quase toda a nossa vida estar ligado a falta de organização do tempo. Precisamos organizar nossas vidas de uma forma que o nosso tempo seja dividido de tal  forma que possamos usar tudo na hora certa com medida. Foi Deus quem criou o tempo. (Gn. 1: 14)
      Toda a terra estar sujeita as regras do tempo. Deus é eterno, mas, criou um tempo determinado para todas as coisas. (Ec. 3:1) A bíblia ensina a usar o tempo de uma maneira agradável, para não desperdiçar o tempo e fazer a vontade de Deus, enquanto há tempo. (Sl. 90: 12)
Tudo o que Deus fez estar muito bem organizado dentro do tempo. Vejamos algumas referencias:
Na criação tudo foi feito dentro do tempo (Gn 1: 14-15)  
Tempo para a salvação (2 co. 6: 2)
Tempo para todas as coisas (Pv. 3: 1- 8)
Tempo para obedecer com promessas de longevidade (Dt. 4;40)
Tempo para viver na terra (jó 14.1-2)
Tempo que determina os limites da vida humana. (Jó 14: 5)
Tempo de produzir frutos (Sl 1: 1-3)
Tempo para os ímpios (SL. 37; 10-11)
Tempo para louvar (Sl. 34: 1)
Tempo de orar (Sl. 75: 2-3; 2 Tss 5.17)
Tempo de existência na terra (Sl. 90: 9-10)
Tempo da compaixão de Deus (Sl. 102: 11-13)
Tempo de fazer o bem (Gl. 6; 9) 
Tempo pra buscar a ajuda de Deus (Tg. 4: 13-15)
       Veja quanto textos que podemos observar em ralação ao tempo. É verdade que há muito mais textos na bíblia sobre o assunto que cada aluno pode pesquisar. Mas, estes são suficientes para que aprendamos que é necessário organizar nosso tempo.  
 3.2 Ter persistência – criar objetivos e persistir para o cumprimento dos mesmos.  
      É muito essencial para se criar um hábito que você faça durante um bom tempo aquilo que você quer que se torne hábito em sua vida.
      Isso se chama persistência. Quando estamos aprendendo aprender andar de bicicleta costumamos olhar para o chão e a queda é inevitável. Quando criamos o hábito de olhar para frente então nos equilibramos sobre a bicicleta e nos tornamos um ciclista. A perseverança é importante para a uma vida firme com Deus. 

      Temos que persistir em seguir Jesus, (Tg. 5-7-11)
Perseverança nas provações (Tg. 1: 1-4).
Perseverança nas tribulações (Rm. 5.3-5) .
Perseverança em buscar a salvação (Fp 3; 13-14)
      Se você começar a deixar seu celular em casa quando vier pra igreja, no inicio sentirá falta, mas, com a persistência o tempo fara você criar um hábito de tal forma que não conseguirá mais leva-lo ao culto.
 Propósito – é a chave de tudo. Nossos alvos são alcançados quando temos propósitos definidos e lutamos para a solidificação dos mesmos.
Exemplos: eu ensino meus filhos  se quiser torná-lo sábio.
Eu faço exercício quando quero emagrecer ou mesmo para tornar a minha vida mais saudável.
Passo horas na fila para conseguir um bom emprego, ou algo que me interessa.
Passo a noite estudando para passar no vestibular.
Para servir bem ao Senhor, temos que criar bons hábitos e propósitos em cumpri-los.
Conclusão
É de grande importância para as nossas vidas que busquemos com muita urgência para as nossas vidas, a Criação de novos hábitos que glorifiquem a Deus. Queremos relembrar que não podemos permitir que os maus hábitos estudados nessa lição permaneçam permeando as nossas vidas e as nossas igrejas. o celular é uma das grandes invenções do século passado, mas, não é justo, que o cristão que vai adorar a Deus, permaneça fazendo uso dele na hora do culto.  O conselho do apostolo Paulo para os irmãos da Felipo foi: “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. (Fp. 4.3)


Pastor Roilton Alves  


Postagens mais visitadas