A verdadeira libertação

Para Platão, filósofo grego que viveu (428/427 a.C) havia a existência de dois mundos: O intelectual chamado também de mundos das idéias e Sensível, chamado de mundo material (apresentado no mito das cavernas no livro VII da Republica).  Ele disse que os homens estão nesse mundo das “cavernas presos as suas opiniões, acorrentados aos seus preconceitos e limitados na ignorância do real e do mundo verdadeiro.
Platão defende a intuição racional como fonte que permite o conhecimento da verdade, Ele entende que é no mundo das idéias onde se encontra a realidade das coisas.
Para Jesus filho de Deus que viveu do ano 04 a.C até 29 do a.d a liberdade dos homens viria pelo conhecimento da verdade: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. João 8:32”.
Para Jesus, o conhecimento da verdade tiraria os homens da caverna da ignorância, da caverna das opiniões e os soltaria das correntes que os acorrentavam a prisão da falta de entendimento.

Postagens mais visitadas