Soneto: Saudades de você



Passam os dias e as noites frias e escuras, 
vão-se as horas e tudo fica para traz.
As lembranças que me levam a amargura,
é a falta que você me faz.

porque  és de uma rara formosura,
tua meiguice sempre me atrai.
Esta dor que hoje me tortura,
é a falta que você me faz.

Nossos planos nossas vidas enlaçadas, 
nossas metas, nossos sonhos e tudo mais.
Eminente angustia destacada,
é a falta que você me faz.

Mais um dia se extingue em minha vida,
com a tristeza e a dor que se refaz.
A saudade que meu coração abriga,
é a falta que você me faz.


Texto escrito quando minha esposa viajou para 
São Paulo para visitar a nossa filha.
Dia 12/10/2012

Postagens mais visitadas